Cube Creator - como estruturar uma história em seis faces?

Imagine que você teve uma epifania e surgiu em sua mente toda uma ideia mirabolante, cheia de personagens instigantes, cenários paradisíacos e reviravoltas do início ao fim? Parece perfeito! É hora de colocar as mãos na massa, ou no teclado, não acha?

Mas e se de repente aquele fiapo de inspiração foi embora e só lhe restou sua colcha de retalhos de argumento? Como realocar aquele personagem que pareceu importante há meia-hora e que agora está tão deslocado quanto o restante dos elementos criativos? Como organizar os pontos de virada? E o bendito do plot twist?

Muitas vezes a página em branco afasta qualquer escritor – aquela palidez do editor de texto, o cursor piscando repetidas vezes sem surgir uma só ideia... O que acontece também é quando se tem a ideia, mas o contador de histórias não a desenvolve bem o suficiente para olhá-la e ter o seu momento “eureka”. E é aí que entra a Escrita Criativa.

Página inicial do Cube Creator.
Um dos muitos métodos da Escrita Criativa proporciona para desenvolver a construção das histórias de um escritor é o Cube Creator, que é possível encontrar online pelo ReadWriteThink

O método é muito simples. Basta entrar na página, dar um nome a seu projeto e selecionar as quatro categorias principais: Bio Cube, para criação de biografias e autobiografias; Mystery Cube, para criação de thrillers de mistério; Story Cube, que desenvolve o modelo básico para qualquer estrutura de plots; e Create-Your-Own-Cube, um módulo no qual o escritor desenvolve seu próprio cubo.

Assim como a figura geométrica, o método do Cube Creator utiliza seis faces organizadas como um cubo físico, onde cada uma representa etapas importantes do plot. O primeiro lado dos personagens, onde se coloca quem serão os protagonistas, antagonistas e secundários. O segundo lado é do espaço, o lugar onde a história se passa. O próximo lado é o conflito, o evento que vai impulsionar os protagonistas e, por consequência, toda a história, seguido por sua resolução. O lado cinco vai tratar sobre o tema que estará no campo consciente ou subjetivo do plot. Por último, aquela parte favorita que despertou seu interesse pela história, o ponto forte, aquilo que você acha interessante de contar.

Passadas as etapas, clica para finalizar e, voilá! O cubo estará pronto! O interessante da página é que é possível salvar o cubo em PDF com suas informações, ou imprimir para montá-lo em uma versão física, seguindo as instruções do arquivo – também é possível guardar as informações do cubo em uma planilha para análise.

Leandro Leal

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard.

0 comentários: